Patrulha Canina

Instruções de Uso

Por: Genai Latorre  – Fisioterapeuta  – Crefito 3. 74.996F

A quantidade vai variar de acordo com a prática/habilidade que o cuidador terá, mas existem medidas seguras, sugeridas abaixo. Reforçamos que não é uma regra, e sim uma sugestão que pode e geralmente será necessário que se faça mais de uma vez:

1 mês: 1mL
2 à 4 meses: 5mL
À partir de 4 meses: 5 à 10mL
À partir de 6 meses: 10mL
À partir de 1 ano: 10 à 20mL
Acima de 3 anos recomenda-se a lavagem com dispositivos de alto volume (240ml).

Por: Genai Latorre  – Fisioterapeuta  – Crefito 3. 74.996F

Durante um quadro infeccioso, é necessário lavar algumas vezes ao dia, 2, 3, 4 ou até mais, conforme a necessidade particular de cada caso. Aconselhamos lavar assim que acordar, para retirar o excesso produzido e acumulado durante a noite, antes das refeições e antes de dormir, para melhorar a qualidade do sono. Na ausência de um quadro infeccioso, a frequência está relacionada com o perfil do paciente. Se é alérgico, tem rinite ou sinusite de repetição, se mora em um lugar muito seco ou poluído, assim nesses casos a lavagem nasal uma vez por dia pode ser indicada.

Por: Genai Latorre  – Fisioterapeuta  – Crefito 3. 74.996F

Por ser uma solução fisiológica, não vai agredir, coçar ou irritar a mucosa nasal. O soro fisiológico deve estar sempre em temperatura ambiente ou levemente aquecido, morninho, e nunca gelado.

A lavagem nasal jamais deve ser realizada com água.

Por: Genai Latorre  – Fisioterapeuta  – Crefito 3. 74.996F

Cuidados com o posicionamento adequado e ajuste da pressão durante a realização do procedimento. É importante a pessoa que for realizar ter segurança e conhecimento da técnica e a criança deve estar sentada (ou no colo) ou em pé (a depender da idade), cabeça flexionada, levemente girada para o lado oposto à narina que será higienizada e com a boca aberta.

Por: Genai Latorre  – Fisioterapeuta  – Crefito 3. 74.996F

Retira o excesso de muco e secreção facilitando o batimento ciliar.

Hidrata as vias aéreas trazendo maior conforto.

• Ajuda na prevenção de infecções secundárias: otites e sinusites.

• Facilita a alimentação durante os períodos com muita secreção.

• Melhora a qualidade do sono.

• Aspecto preventivo.

1. Selecione e encaixe o adaptador nasal de sua preferência no dispositivo NoseWash 10mL ou 20mL.

2. Preencha o dispositivo NoseWash 10ml ou 20mL com o soro fisiológico, na quantidade indicada pelo seu médico ou especialista.

3. Incline a cabeça da criança levemente para frente e na direção contrária a narina que será lavada.

4. Pressione o dispositivo NoseWash 10mL ou 20mL de forma suave e repita o mesmo procedimento na outra narina.

Pronto, lavagem nasal concluída!

Para realizar uma lavagem nasal efetiva e segura, é fundamental que se crie um ambiente favorável para que o bebê/criança se sinta mais confortável possível:

Dica 1 – Escolha um ambiente que o bebê/criança esteja acostumado e que a “bagunça” não seja um problema para a casa, como o box do banheiro. Leve algum item ou brinquedo para que ela relaxe e fique mais descontraída.

Dica 2 – Permita com que o bebê/criança manipule o dispositivo NoseWash livremente. A ideia é que ela veja na mão, simule o funcionamento, aos poucos ela irá perceber que esse momento pode ser bem divertido.

Dica 3 – Na hora da aplicação, conte com o poder do lúdico, conte história, cante músicas, use os personagens do NoseWash como ferramenta. Para uma lavagem nasal infantil divertida e segura, depende muito de quem está aplicando. Deixar os braços do bebê/criança livres sempre que possível, usar em algum momento em si para mostrar que adultos também fazem, tudo isso pode ajudar. É muito comum criarmos esse cenário no momento da alimentação, por que não nos dedicarmos também na hora da lavagem nasal?

Você poderá encontrar a linha NoseWash em mais de 22 mil pontos de venda espalhados pelo Brasil – clique aqui!

Linha de Produtos

NoseWash 20mL
NoseWash Max 240mL
NoseWash Patrulha Canina
plugins premium WordPress